sábado, 25 de junho de 2011

25 coisas para se evitar nas Redes Sociais.

Estamos em 2011 e já se passaram 16 anos desde a primeira Rede Social lançada na web, e algo que era visto como ferramenta de entretenimento passou a tomar formas mais abrangentes na vida de cada usuário. O mundo digital definitivamente entrou em nossas vidas sem pedir licença, não só isso, como também se apossou dela, envolvendo colegas, tutores, chefes, parentes distantes, velhos amigos, entre outras diversas ligações comuns à vida do ser humano.

Mais do que nunca você está visível, em apenas um clique sua reputação pode alavancar ou mesmo desmoronar. Suas palavras, fotos e vídeos podem passar em branco, como também virar o assunto mais comentado num país inteiro. Portanto, o Código Cinza resolveu listar 25 coisas para o usuário evitar nas redes sociais, assim você pode almejar uma boa aparência virtual, ou na pior das hipóteses, permanecer numa posição neutra, sem grandes reprovações malignas a sua imagem.

1. Entrar numa rede e começar a usar sem antes ter lido algo a respeito sobre seu objetivo e funcionalidade. Quando você compra um carro, é bom ler o manual e aprender por si só, caso contrário todas as pessoas que entrarão no seu carro tentarão te explicar o que é certo e o que é errado, e isso não é uma situação favorável a sua imagem.

2. Não fazer a distinção entre cada rede social, pois cada uma tem suas particularidades. Ao sair do Orkut, não pense que Twitter, Facebook, entre outras redes, são apenas uma extensão do que você já conhece. Assim você evitará chateação caso a Lady Gaga não te seguir de volta no Twitter, afinal, seguir alguém não é solicitar a amizade de alguém, que fique bem claro.

3. Aterrorizar-se porque alguém desconhecido interagiu de alguma forma com você. Lembre-se, as redes sociais são como um espaço público, ou seja, um presidiário pode acessar a internet pelo celular e te adicionar no Facebook, isso não quer dizer que ele quer te seqüestrar ou investigar sua vida (ok, isso pode acontecer, mas basta recusar a solicitação, não precisa de desespero).

4. Publicar que você está com uma super ressaca, principalmente se o objetivo for fazer as pessoas entenderem que a noite anterior foi sensacional, existem outras formas de dizer isso. Ter orgulho de ressaca é coisa de pré-adolescente.

5. Utilizar palavras de baixo calão em suas publicações, por mais que o momento seja propício. Mensagens limpas são vistas com bons olhos até pelo mais boca suja da galáxia, aquele que não consegue escrever uma frase sem um palavrão no meio, mas no fundo admira quem consegue. Além disso, existe a possibilidade de uma pessoa, lá no canto da sua lista de amigos, ser daquele tipo que você não gostaria que visse sua deselegância.

6. Publicar que você está com fome, a não ser que esteja procurando alguma companhia para comer, fora desse caso não esqueça, ninguém está interessado em saber que você precisa se alimentar. Twittar que está com fome é o apogeu da falta de conteúdo.

7. Fazer desenhos com caracteres (famosos no Orkut), principalmente se for daqueles que ocupam muito espaço. Você pode achar uma arte, criativa e magnífica, mas aquilo sempre será brega e poluirá as redes sociais.

8. Tentar converter as pessoas a sua religião. Você pode comentar sobre ela, trocar idéias a respeito, mas evite dar uma de jesuíta digital. Se você está numa festa com todos os seus conhecidos, você não pega um banquinho, coloca no meio das pessoas e começa a falar sobre a sua religião.

9. Publicar comentários preconceituosos, isso nem precisa dizer que afunda sua reputação, principalmente no século XXI.

10. Tentar se auto-promover, se você tiver conteúdo, seu conteúdo te promoverá. Colocar uma placa em cima da sua cabeça dizendo: “Eu tô aqui, vejam o que eu faço, eu sou o melhor de todos, não queiram competir comigo”, não é legal.

11. Conversar sobre assuntos particulares sem está certo de que o espaço é privado e seguro, não queira perder um emprego ou terminar um relacionamento pelo deslize de deixar informações pessoais visíveis.

12. Colher material de outro usuário sem permissão, como imagens, vídeos, citações, entre outros, lembre-se que nada nasce sozinho, tudo tem uma criação por trás, e essa criação está sob proteção de direitos autorais.

13. Deixar de responder alguma pessoa, a não ser que realmente não seja possível fazer isso, como no caso de você ser uma celebridade com milhares de interações diárias.

14. Esquecer de refletir o que as pessoas vão pensar se você publicar o que deseja, lembre-se, ferramentas como álbum de fotos falam muito sobre você, não transmita o que você não é, isso sempre acaba mal.

15. Ser inconveniente. Perceba quando você está incomodando alguém, pois com certeza essa pessoa está no MSN comentando com um amigo o quanto você perturba, e sua fama vai se espalhar.

16. Comentar sobre sua situação triste e melancólica, se você passa por um momento difícil e precisa de ajuda, não recorra às redes sociais, seus contatos não são psicólogos e com certeza ficarão desconfortáveis com suas publicações de baixa auto-estima.

17. Interagir nas redes em estado de embriaguez, isso também sempre acaba mal, é como a cereja do bolo da noite de equívocos promovidos pelo álcool. Portanto, antes de sair pra bebedeira, certifique-se que você não vai conseguir ligar o computador ao voltar, retire algum cabo ou algo parecido, o importante é fazer o seu “eu-bêbado” desistir de querer entrar na internet e se entregar logo à cama.

18. Viver as redes sociais tão intensamente, lembre-se, você também tem uma vida fora delas.

19. Escrever errado, você pode até abreviar as palavras e usar alguns termos comuns na internet, mas erros graves de português sempre incomodam quem está lendo. Não esqueça de avaliar o que você acabou de escrever, certifique-se que há sentido e que sua mensagem será corretamente transmitida.

20. Desabafar em 95% das suas publicações, usuários (especialmente twitteiros) que só reclamam da vida, são vistos como chatos, inconvenientes e desequilibrados.

21. Criticar a vida alheia sem razão e embasamento, lembre-se, ao falar dos outros, você fala muito mais sobre você.

22. Pedir MSN sem ter motivo justo ou intimidade com a outra pessoa. Com a ascensão das redes sociais, MSN se tornou algo bem mais privado, o mesmo aconteceu com o telefone.

23. Participar de aplicativos que enviam convites para seus amigos. Encher o mural deles de convites é como invadir suas casas e deixar lixo lá dentro.

24. Escrever em CAPS LOCK, você só escreve tudo em maiúsculo quando o mundo está acabando, principalmente se quiser mandar o kit completo com vários pontos de exclamação. VOCÊ ENTENDEU!!!!!!!11!!!!!!!!!1onze!!!

25. Reclamar da maneira que outra pessoa usa a rede social. Se o criador da rede possibilitou ela fazer aquilo e você não está gostando, apenas a exclua dos contatos, ou então mande este post para que ela se instrua a respeito.

Arte e Colaboração: @NeroPimentel

4 comentários:

  1. hahahahaha... adorei, leo!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom. Os 25 mandamentos das Redes Sociais. HAHAHA! :)

    ResponderExcluir
  3. Realmente, a internet seria um "lugar" melhor se as pessoas atentassem para essas coisas. Eu mesmo posso encaixar pelo menos uma pessoa de minha rede de contatos para cada um dos itens que você listou... Talvez eu mesmo esteja pecando em algum dos itens e passei desapercebido!
    Muito bom Leo...

    ResponderExcluir

Liberdade com responsabilidade nos comentários.